quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

boca de ouro

o herói das gentes
carrega na boca o poema
da mocidade perdida
boca de ouro
sang'latino
como cão.

o herói das gentes
se curupira de verd'amarelo
samba a ferida de pé


o herói se macunaíma para o mundo
e desmunda tudo pelo lábio da mão



Soy loco por ti América
soy loco por ti mundocão.

3 comentários:

Rogério Saraiva disse...

Gostei!

animalsentimental disse...

sang'latino. Bonita palavra. :)

deivid junio disse...

também sou louco por ti...